Como aproveitar videogame sem prejudicar a saúde


Hoje em dia o homem usa telas para tudo, desde pagar contas, trabalhar, fazer
cotação online de plano de saúde, até para se divertir. Mas como aproveitar o videogame sem prejudicar a saúde?

É comprovado que os games são benéficos para algumas funções cognitivas como a memória, linguagem, percepção, atenção e pensamento crítico.

Ademais um dos principais benefícios de alguns jogos é estimular o raciocínio lógico devido à necessidade de solução de problemas, muitas vezes de alta complexidade.

Entretanto ficar horas sentado olhando para a televisão ou computador também provoca muitos prejuízos para a saúde.

Então veja nesse artigo como conseguir tirar o máximo proveito dos games sem que isso te prejudique.

O uso do videogame aumentou ainda mais durante o isolamento social

O maior problema do videogame é que devido aos jogos envolventes os jovens acabam jogando por horas seguidas.

Como se sabe, ficar muito tempo sentado é ruim para o organismo. Ademais muitos jovens acabam abusando de cafeína e tem uma alimentação ruim durante campeonatos.

Apesar dos prejuízos dos games estarem presentes desde a invenção deles, com a chegada da internet e de equipamentos mais modernos isso se intensificou. Como se já não bastasse, com a pandemia os jovens estão jogando mais do que nunca.

Isso porque com o fechamento das escolas crianças e jovens estão em casa, longe dos seus amigos e em uma situação de pouco estímulo adequado.

Assim acabam usando o videogame para se distrair e, há profundas consequências no uso desses aparelhos.

Alguns estudos conseguiram comprovar inclusive que há relação entre os equipamentos e o vício. Quando o indivíduo se torna dependente do game, passar mais do que 30 minutos longe de um equipamento se torna algo quase impossível.

As principais consequências são:

  • Tristeza;
  • Irritabilidade;
  • Agressividade;
  • Comunicação insuficiente;
  • Isolamento;
  • Birra (no caso das crianças menores).

Além dessas existem ainda outras questões que surgem secundariamente, entre as quais pode-se citar:

  • Alimentação ruim;
  • Pouca atividade física;
  • Diminuição de atividades intelectuais;
  • Diminuição do desempenho escolar;
  • Redução dos cuidados pessoais.

Por isso faz-se necessário buscar boas alternativas para se evitar tais problemas.

Aproveitar o videogame com moderação é o melhor a se fazer

É totalmente compreensível que os pais liberem o videogame para os filhos como forma de entretenimento visto que os adultos possuem outras tarefas que incluem trabalho e cuidados com a casa.

Sendo assim o ideal é que o uso da tela seja liberado principalmente nesses momentos em que isso é realmente necessário.

Além disso não é adequado que o jovem ou criança seja exposto a mais do que duas horas diárias de game.

Então uma boa dica é dividir esse período em dois menores de 1 hora ou até mesmo em 4 períodos de 30 minutos.

Algumas vezes a hora de desligar o game pode ser bem difícil, mas para que não haja crises de choro ou brigas, procure deixar as regras combinadas com antecedência.

Se for uma criança pequena, usar um relógio com despertador pode ajudar muito a controlar os horários sem maiores problemas.

Como fazer com que jovens e adultos aproveitem o videogame sem prejudicar a saúde?

Os jovens e adultos costumam se envolver em campeonatos de videogame e, por isso acabam passando muitas horas acordados. Para aguentar a rotina usam café ou energéticos que podem ser prejudiciais.

Além disso esses indivíduos acabam deixando a alimentação saudável de lado, consumindo alimentos inadequados, como salgadinhos e bolachas em grandes quantidades.

Uma boa opção é trocar esses por pipoca feita em casa, frutas secas, sucos e lanches naturais, por exemplo.

Lembre-se inclusive que o excesso de açúcar pode atrapalhar o seu rendimento por deixar o raciocínio mais lento.

Por fim, não se esqueça de que se movimentar e praticar exercícios físicos com frequência é fundamental para garantir a sua saúde e bem estar físico e mental.

Evite jogar antes de dormir

Sabe-se que celular-antes-de-dormir-pode-causar-ins%C3%B4nia-aponta-neurologista-1.372005">utilizar telas antes de dormir pode proporcionar sérios problemas de sono, por provocar maior agitação do indivíduo, impedindo o relaxamento adequado.

Sendo assim o melhor a se fazer é utilizar os eletrônicos somente até duas horas antes de ir dormir.

Em alguns equipamentos é possível ligar o filtro para reduzir os impactos, mas mesmo assim é mais adequado não jogar antes do sono porque a estimulação excessiva nesse momento pode ser prejudicial.

Conclusão

Desde a sua invenção o videogame faz a cabeça de jovens e adultos, fazendo com que eles fiquem tão envolvidos nos jogos a ponto de não conseguir largar.

Isso pode trazer consequências graves tanto físicas quanto psicológicas. Sendo assim é essencial que esses problemas sejam evitados por meio da mudança de hábitos.

O melhor a se fazer é optar pela moderação e aproveitar o videogame sem prejudicar a saúde. Além disso é essencial deixar substâncias com cafeína de lado e priorizar a boa alimentação e bons hábitos de autocuidado.